21/10/2016

ETIQUETAS TÊXTEIS


Hoje o post é sobre as etiquetas têxteis. São as que dão informações sobre a composição do tecido e os cuidados de conservação. Afinal, quando devemos colocar essas etiquetas nas peças?



Resumindo, quando forem produtos de cama, mesa, banho e vestuário.
Se você faz lençol, travesseiro, almofada, fronha e manta para bebês.
Se você faz babador, roupas, luva, echarpe, touca.
Então você precisa SIM providenciar a etiqueta têxtil. 

Se as peças têxteis que você produz constam nessa lista de 59 itens, você NÃO precisa se preocupar com etiquetas de identificação. Caso contrário, precisa providenciar a etiqueta o quanto antes. Ainda mais se você participa de feiras. O IPEM é o órgão que fiscaliza e na última Bienal do Livro aqui em SP houve uma grande apreensão de livros-brinquedos por não estarem de acordo com as normas.  

Veja abaixo os produtos isentos de etiquetagem têxtil > 

Segundo o anexo B do Regulamento Técnico Mercosul de Etiquetagem de Produtos têxteis, aprovado pela Resolução Conmetro nº 2/2008, estão isentos de etiquetagem:

01 - Absorventes higiênicos, tampões, protetores diários, fraldas descartáveis e similares
02 - Adornos para cabelos
03 - Almofadas porta alfinetes 
04 - Apliques têxteis
05 - Artigos funerários
06 - Artigos têxteis de proteção e segurança, tais como cintos de segurança, coletes salvavidas e a prova de bala, roupas de proteção contra fogo
07 - Artigos têxteis de selaria, exceto vestuários
08 - Artigos têxteis usados em animais
09 - Artigos têxteis utilizados para adornar ou vestir brinquedos
10 - Bancos para automotivos
11 - Barracas de acampamento
12 - Botões forrados
13 - Brinquedos
14 - Cabides com forração têxtil
15 - Calçados 
16 - Capas de livros
17 - Capas para automotivos e aparelhos domésticos, botijões de gás e galões de água 
18 - Chapéus de feltro
19 - Cintos
20 - Cabos
21 - Cordas para instrumentos musicais
22 - Cordões para calçados
23 - Correias de transmissão
24 - Embalagens
25 - Bandeiras, escudos e estandartes
26 - Estojos para maquilagem, manicura, óculos, cigarros, charutos, isqueiros, pentes e similares
27 - Estopas 
28 - Etiquetas
29 - Flores artificiais
30 - Guarda-chuvas/sombrinhas
31 - Guarda-sóis
32 - Ligas e cintas têxteis para amarração, movimentação e elevação de cargas
33 - Lonas e encerados (coberturas de caminhões e gazebos)
34 - Malas, bolsas, carteiras, sacolas e assemelhados
35 - Panos de limpeza em geral 
36 - Pára-quedas
37 - Produtos têxteis para alugar, quando explicitamente comprovados como tais 
38 - Roupa usada (devendo colocar a informação “roupa usada”, em cada produto)
39 - Protetores de cafeteiras e de chaleiras
40 - Revestimentos utilizados em tábuas de passar roupas bem como suas capas
41 - Roupas de mergulho
42 - Suspensórios
43 - Telas para quadros
44 - Toalhinhas individuais compostas de vários elementos têxteis e cuja superfície não exceda a 500 cm2
45 - Produtos têxteis utilizados em equipamentos esportivos (parapentes, velas, etc.)
46 - Viseiras
47 - Pulseiras de relógio 
48 - Luva térmica
49 - Prendedor de mangas de camisa (abotoaduras)
50 - Bolsa de tabaco
51 - Artigos de toalete, exceto toalhas, cortinas e tapetes.
52 - Fechos corrediços
53 - Barreira para contenção de vazamento.
54 - Linhas de pesca
55 - Móveis
56 - Coador de café
57 - Cordões (utilizados em pen-drive, chaveiros, crachás, etc.)
58 - Munhequeiras, joelheiras e similares
59 - Leques

Os produtos que não constam na lista acima devem ter obrigatoriamente nas etiquetas de identificação as seguintes indicações:
  • Indicação do fabricante ou importador do produto sem abreviações;
  • CNPJ do fabricante ou importador;
  • Composição têxtil do produto em massa na forma percentual e deve conter o nome da fibra  na ordem descrecente;
  • Modo de conservação quanto a Lavagem, Alvejamento, Secagem, Passadoria e Limpeza Profissional, nessa ordem; saiba mais
  • A indicação do país de origem do produto;
  • Nenhuma informação deve estar abreviada;
  • Todas as letras devem ter no mínimo 2 mm de altura e de igual destaque;
  • A denominação do país de origem deve estar em português;
  • O modo de conservação pode ser indicado através de símbolos, textos ou ambos;
  • Os símbolos devem seguir a norma NBR ISSO 3758 e ter no mínimo  16 mm² (4 mm x 4 mm) e estar em linha.


Se Pessoa Física














Se Pessoa Jurídica












PF ou PJ?
A Sutaco me orientou fazer a etiqueta como Pessoa Física. Mas o pessoal do IPEM me falou que se eu for Pessoa Jurídica (MEI) e quiser fazer a etiqueta como PJ, não tem problema. Na verdade, é opcional. Sendo PJ eu posso fazer a etiqueta como PF, sem problemas... 

Fiz a arte em PNG de todos os símbolos de cuidados de conservação para que você possa preparar a arte de sua etiqueta. Clique aqui para ver os símbolos. 

Para a confecção das etiquetas, pesquise na net por: "Empresas fornecedoras de etiquetas têxteis".

Em uma loja do Bom Retiro, fazem 2 tipos de etiquetas:
1) TNT - 120 etiquetas a R$ 6,00 (aquela que você consegue arrancar com a mão)
2) Poliamida Resinada - 100 etiquetas a R$ 10,00

Os têxteis e brinquedos que não estão em conformidade com a legislação vigente correm o risco de serem apreendidos.

Para mais esclarecimentos e dúvidas, ligue para o Departamento Técnico (11) 3581.2126 - Atendimento: das 15h30 às 17h00 - bmqa@ipem.sp.gov.br ou
(11) 3581-2093 / 3581-2252
duvidatextil@ipem.sp.gov.br
textil-ipem@ipem.sp.gov.br
ouvidoria@ipem.sp.gov.br

Para ver toda a resolução, clique aqui

Nenhum comentário: